Sexta-feira, 31 de Outubro de 2008
A verdade de cada um



"A sua verdade pode ferir.

Existe a sua verdade e a do outro.

Podem ser diferentes.

Mas são "verdades" para cada um. Tenha cuidado ao dizer a sua.

Procure compreender, sem impor.

Diga a verdade que contraria, sem ofender, para não perder a razão.

Não cause aborrecimentos. Nem estabeleça o clima de guerra.

Esconda a verdade que destrói.

Uma verdade, dita com amor, esclarece e acalma.

Saiba falar. Use de moderação.

O outro tem também a sua razão.

O amor que você transparecer no rosto
convence mais do que a verdade que disser."



publicado por escorpion às 17:25
link do post | comentar | favorito
|

Quinta-feira, 30 de Outubro de 2008
A lista (Oswaldo Montenegro)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Faça uma lista de grandes amigos
Quem você mais via há dez anos atrás
Quantos você ainda vê todo dia
Quantos você já não encontra mais

Faça uma lista dos sonhos que tinha
Quantos você já desistiu de sonhar!
Quantos amores jurados pra sempre
Quantos você conseguiu preservar

Onde você ainda se reconhece
Na foto passada ou no espelho de agora
Hoje é do jeito que achou que seria?
Quantos amigos você jogou fora

Quantos mistérios que você sondava
Quantos você conseguiu entender
Quantos segredos que você guardava
Hoje são bobos ninguém quer saber

Quantas mentiras você condenava
Quantas você teve que cometer
Quantos defeitos sanados com o tempo
Eram o melhor que havia em você

Quantas canções que você não cantava
Hoje assobia pra sobreviver
Quantas pessoas que você amava
Hoje acredita que amam você

Faça uma lista de grandes amigos
Quem você mais via há dez anos atrás
Quantos você ainda vê todo dia
Quantos você já não encontra mais

Quantos segredos que você guardava
Hoje são bobos ninguém quer saber
Quantas pessoas que você amava
Hoje acredita que amam você



publicado por escorpion às 16:36
link do post | comentar | favorito
|

Quarta-feira, 29 de Outubro de 2008
Amor e vulcão




O amor é um vulcão
Uns fortes e agressivos
Como é forte a emoção
Que nada tem de passivo

 
Quem diz que amor é doçura.
Nunca amou de verdade
Porque amor é sempre loucura
Traz sempre a insanidade
 
Porque a alma é curiosa
Diz que ama na empolgação
É gostosa, mas belicosa
Confunde amor com tesão
 
O vulcão que destrói
Que arrasa nossa vida
É o mesmo que constrói
A nossa terra querida
 
É igualzinho ao querer
Que gritamos a todos os ventos
É só outro aparecer
Que ele cai no esquecimento
 
Mas o vulcão acordou
E tornou a explodir
E a mesma terra que criou
Acabou por destruir
 
Mas ele é sempre tão lindo
E sua fúria estranha
Porque assim que se torna findo
Deixa uma beleza tamanha
 
Muito longe da paixão
Que quando acaba é incrível
E se acaba em decepção
Deixa uma lembrança terrível


publicado por escorpion às 13:15
link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 28 de Outubro de 2008
Julgamento (Cora Maria)


 

 

 
 
 

 


 

Julgamento...

Fere...

Destrói...

Afasta....

Tomemos cuidado antes
de proferir qualquer palavra no sentido
de julgar nossos irmãos de caminhada.
Muitas vezes a mesma sentença
com que condenamos,
será a mesma com que seremos condenados...

É fácil condenarmos...

É fácil colocarmos
alguém em posição inferior,
rotular, criticar....
Lembremos sempre que cada um de nós
carregamos uma bagagem,
uma história de vida.
Lembremos que cada um de nós
temos a nossa própria identidade,
temos nosso modo de agir, de pensar,
livre arbítrio para ser e acontecer.
Lembremos sempre
que somos únicos e diferenciados

Ao julgar ao nosso próximo
estamos nos subjugando,
pelo simples ato de julgar.

Julgar é fácil...

Difícil é retirarmos a sentença dada
ao ombro daquele que julgamos,
porque somos pequenos demais
para pedirmos perdão,
pelo nosso direito não constituído.

Difícil é reconhecermos
que somos todos irmãos de caminhada,
que moramos na mesma rua,
pisamos no mesmo solo.
Que somos filhos do mesmo Pai.

Fácil é rotular pessoas
Difícil é nos policiarmos
na hora de sentenciar.

Muitos de nós perdemos sólidas amizades,
amores, companheirismo,
pela dura sentença de um julgamento.

Tomemos cuidado com palavras que proferimos,
transferindo para a alma alheia
mágoas que podem se tornar
em profundas cicatrizes

Deixemos os julgamentos apenas
àqueles que na terra abraçaram
o julgar como profissão, como causa.
Deixemos a Deus
a sentença que cabe a cada um de nós.

 



publicado por escorpion às 15:58
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 27 de Outubro de 2008
Vida, vida (izilgallu)


 

Vou vivendo minha vida
Faço o mal, faço o bem
Não estou perdida no caminho
Estou andando para o além
Estou brincando com a vida
Estou andando passo a passo
Sou humilde, sou assim
Sou um zombador da vida
Faço minhas criticas
Goste quem quiser
Se incomodar o problema
não é meu, é teu que está
acomodado, em teu canto
Sei que tudo que faço
tem seu retorno, seja bom
seja ruim, mas eu sou assim
gosto de incomodar
para a vida te acordar
e fazer te protestar


publicado por escorpion às 19:13
link do post | comentar | favorito
|

Sábado, 25 de Outubro de 2008
Rimas do meu País (Euclides Cavaco)

 

As rimas do meu País
Cantá-las faz-me feliz
E inspira em mim nostalgia
Numa linguagem doce
Cada verso é como fosse
Uma perfeita poesia !...

Sábias são as de Camões
Feitas de heróicas licões
Que o tornaram imortal
Ilustrando a Epopeia
Em quais rimas patenteia
A História de Portugal !...

Os portugueses ausentes
No mundo em lugares dif 'rentes
Em qualquer localidade
Entre eles há sempre alguém
Que exalta a Pátria Mãe
Num poema de saudade!...

Se uma voz rimas desgarra
E o trinar duma guitarra
Se encontram lado a lado
As rimas desse poema
Fazem nascer nobre tema
Que a cantar se chama fado !…

 

Para ouvir RIMAS DO MEU PAÍS , declamado pelo amigo e autor Euclides Cavaco, acesse:
http://www.euclidescavaco.com/Poemas_Ilustrados/Rimas_do_Meu_Pais/index.htm



publicado por escorpion às 00:30
link do post | comentar | favorito
|

Sexta-feira, 24 de Outubro de 2008
Quanto vale um bem-querer

 

Um bem-querer tem alto valor...

Um valor que não tem preço.

Bem-querer é transformar dias sombrios

em tempos claros, risonhos...

É adquirir uma passagem de ida, de volta

e retorno ao país dos sonhos...

Tristeza?... Ora, a tristeza...

ela faz parte também.

Se não houvesse a tristeza,

Não conheceríamos da felicidade, a beleza...

Se não experimentássemos o frio,

não saberíamos apreciar o calor do dia-a-dia.

Bem-querer é querer bem  não apenas na alegria.

Nos momentos de arrufos, ficar de bem -

trazendo uma flor com charme, jeito e sedução.

Ficar de mal, ficar de bem,

explodir de emoção,

arrancar devagarinho as pétalas do bem-me-quer

e finalizar com o bem-querer na mão,

na alma e no coração.

Bem-querer é querer e querer bem!

 É deixar o coração saltitar em cambalhotas,

compensando as agruras,

preenchendo as fissuras

que a gente no peito tem...

 

Oriza Martins



publicado por escorpion às 02:12
link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 21 de Outubro de 2008
Palavras que choram

 

 

"Palavras que choram,
são lágrimas que caem, 
são sentimentos que no coração moram,
são sentimentos que do coração saem.
É dor que sai do nosso coração,
é paz que alivia a nossa alma,
é o fim de um furacão 
e o começar da calma.
É sossego que invade o nosso ser,
é vazio que se sente no peito,
são lágrimas pelo rosto a escorrer
por algum mal que nos foi feito.
Lágrimas que caem
são sentimentos que no coração moram
e que quando do coração saem
são palavras que choram."


publicado por escorpion às 17:26
link do post | comentar | favorito
|

Quinta-feira, 16 de Outubro de 2008
Abandono

 

 

 

Velha roda abandonada
De vida pouco lhe resta
Ali num canto deixada
Como algo que já não presta.

Hoje em avançada idade
É marca do tempo ido
Já não tem utilidade
É ferro velho perdido !

Mas aos olhos do poeta
A roda nunca morreu
Hoje embora obsoleta
De si muito ao mundo deu...

O poeta deu-lhe a mão
E com ela conversou
Em jeito de confissão
A sua historia contou!...

Dei zelo ao que fui e fiz
Sempre com muita humildade
Minha missão foi feliz
Por servir a humanidade...

Disse num tom comovida:
Fazer bem não se condena
Para quem faz bem na vida
Viver vale sempre a pena !...
 

Para ouvir a declamação, pelo próprio autor e amigo Euclides Cavaco, acesse : 
http://www.euclidescavaco.com/Poemas_Ilustrados/Abandono/index.htm


publicado por escorpion às 23:35
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Quarta-feira, 15 de Outubro de 2008
Dia do Professor (Hildo Daniel)

 

Se parássemos pra pensar
o quanto vale um professor
nós daríamos bem mais valor
á essa profissão de ensinar.

Pois independente de seu salário
nos ensina com muita dedicação
ajudando toda nossa população
com esse seu trabalho diário.

E não haveria nenhum doutor
se no início de sua carreira
não tivesse tido uma carteira
e principalmente um professor.

A esse grande profissional
demonstro a minha gratidão
reconhecendo que sua profissão
é importante e fundamental.

Enfim, somos todos gratos
por tudo que fizeste por nós
e agora, em uma só voz,
diremos: Professor...muito Obrigado.

 



publicado por escorpion às 21:02
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Fazer olhinhos

 



English Version

pesquisar
 
Outubro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


posts recentes

Faz-me teu Poeta (Emanuel...

Mar Português (Fernando P...

Mãos dadas (Carlos Drummo...

As duas flores

Todos estão surdos

Abraço de Natal

Apenas uma mensagem

Não aprendo a lição

O sol na minha mão

Anjos já amaram e chorara...

arquivos

Outubro 2014

Setembro 2013

Julho 2013

Junho 2013

Março 2013

Dezembro 2012

Agosto 2012

Maio 2012

Março 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Abril 2011

Fevereiro 2011

Dezembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Meus Amigos
Guerreiro da Luz

Criticando Meio Mundo

Causas e Efeitos

Viajante no Mundo

Cantinho das Emoções

Apenas Assistindo

Um Olhar Feminino

Vida, Verdade, Visão

blogs SAPO
subscrever feeds