Segunda-feira, 26 de Janeiro de 2009
A poesia se esfrega nos seres e nas cousas

 

“ Nunca sentiste uma força melodiosa
Cercando tudo que teus olhos vêem,
Um misto de tristeza numa paisagem grandiosa
Ou um grito de alegria na morte de um ser que queres bem?
Nunca sentiste nostalgia na essência das cousas perdidas
Deparando com um campo devoluto
Semelhante a uma virgem esquecida?
Num circo, nunca se apoderou de ti, um amargor sutil
Vendo animais amestrados
E logo depois te mostrarem
Seres humanos imitando um réptil?
Nunca reparaste na beleza de uma estrada
Cortando as carnes do solo
Para unir carinhosamente
Todos os homens, de um a outro pólo?
Nunca te empolgastes diante de um avião
Olhando uma locomotiva, a quilha de um navio,
Ou de qualquer outra invenção?
Nunca sentiste esta força que te envolve desde o brilho do dia
Ao mistério da noite,
Na extensão da tua dor
E na delícia da tua alegria?
Pois então, faz de teus olhos o cume da mais alta montanha
Para que vejas com toda a amplitude
A grandeza infindável da poesia que não percebes
E que é tamanha!
( Adalgisa Nery - 1905/1980 )


publicado por escorpion às 00:15
link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 20 de Janeiro de 2009
Avareza

 

 

Nunca vê o avarento
Nos outros um seu irmão
Tem falta de sentimento
E de humana compaixão.

Vive bem e com fartura
Em opulenta riqueza
Mas não sente a desventura
De quem não tem pão na mesa.

Há muitos necessitados
Que mendigam com tristeza
Quantas vezes confrontados
P'la pertinaz avareza.

Esta injusta indiferença
Que não faz nenhum sentido
É quase como doença
Sem remédio conhecido.

Quem tem a barriga cheia
E muitos banquetes come
Quase nunca liga meia
Aos pobres que passam fome.

O avarento egoísta
Na vida não tem amigos
Nada tem de altruísta
É mais pobre que os mendigos !...

Para ouvir este poema declamado pelo autor e amigo Euclides Cavaco acesse o link:
http://www.euclidescavaco.com/Recitas/Avareza/index.htm


publicado por escorpion às 11:13
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 19 de Janeiro de 2009
Segredos (Markus)

 

Há coisas que nunca direi
Segredos do coração
Julgo que nem eu sei
O local onde estão

Há palavras que são segredo
E segredos que não o são
Palavras ditas a medo
Bem recheadas de emoção

Tantas coisas queria dizer
Tantas coisas que não direi
Ninguém poderia entender
Coisinhas que só eu sei


publicado por escorpion às 00:28
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 5 de Janeiro de 2009
Ironia do Tempo

 

Que ironia tem o tempo misterioso 
Que diz que passa velozmente sempre andando, 
Mas afinal esse tempo é mentiroso, 
Porque ele fica e a gente é que vai passando!... 

Dizem que é velho, mas o tempo é sempre novo. 
Não tem idade, pois ninguém o viu nascer, 
Tal como o enigma da galinha e do ovo, 
Não sabe ao certo se existia antes de o ser!... 

Comanda tudo sem ter dó nem piedade 
E eu perplexo fico olhando sem o ver 
Imutável e, sempre em celeridade. 

Rendo-me enfim, pois não sei compreender, 
Apenas sinto com toda a fragilidade, 
Que o tempo é rei ... e de rei tem o poder!... 
 
Ouça IRONIA DO TEMPO declamado pelo amigo e autor Euclides Cavaco, clicando no link:
http://www.euclidescavaco.com/Recitas/Ironia_do_Tempo/index.htm


publicado por escorpion às 18:31
link do post | comentar | favorito
|

Fazer olhinhos

 



English Version

pesquisar
 
Outubro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


posts recentes

Faz-me teu Poeta (Emanuel...

Mar Português (Fernando P...

Mãos dadas (Carlos Drummo...

As duas flores

Todos estão surdos

Abraço de Natal

Apenas uma mensagem

Não aprendo a lição

O sol na minha mão

Anjos já amaram e chorara...

arquivos

Outubro 2014

Setembro 2013

Julho 2013

Junho 2013

Março 2013

Dezembro 2012

Agosto 2012

Maio 2012

Março 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Abril 2011

Fevereiro 2011

Dezembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Meus Amigos
Guerreiro da Luz

Criticando Meio Mundo

Causas e Efeitos

Viajante no Mundo

Cantinho das Emoções

Apenas Assistindo

Um Olhar Feminino

Vida, Verdade, Visão

blogs SAPO
subscrever feeds