Quinta-feira, 28 de Maio de 2009
Força dum Nada

Fazem-se versos dum nada
Dos versos nasce um poema...
Pelo poeta gerada 
Há vida no novo tema !...

E da pedra que se parte
Das rochas da natureza
O escultor criando arte
Do nada faz a beleza... 

Também numa branca tela
Onde não existe nada
Quando o pintor se revela
Há arte manifestada ...

Ou das notas musicais
Com talento e inspiração
Dum nada ou pouco mais
Surge a mais bela canção.

Vai-se a arte originando
Do nada que enfim provém
Que nos deixa meditando...
Na força que um nada tem!...

 

 

Caso queira ouvir este poema declamado pelo amigo e autor Euclides Cavaco, acesse o link: http://www.euclidescavaco.com/Recitas/Forca_Dum_Nada/index.htm

 



publicado por escorpion às 17:41
link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 26 de Maio de 2009
Cometa



publicado por escorpion às 01:37
link do post | comentar | favorito
|

Quinta-feira, 21 de Maio de 2009
Voo d'alma

[Voo+d'alma+2+VERMELHO2.jpg]



publicado por escorpion às 19:45
link do post | comentar | favorito
|

Domingo, 17 de Maio de 2009
Margaridas



publicado por escorpion às 17:20
link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 12 de Maio de 2009
Poema de mistério

 

 

 

“Ficou um mistério na atmosfera.
Um Bafo de fera
Um rastro selvagem
Uma bruma de Avalom
Um vento negro
Um medo da peste
Havia uma noite brusca e no horizonte uma bola de luz...
A brisa soprava levando a galope um segredo que fora sussurrado a muitas léguas dali.
Perdeu-se a noção no tempo
e entre as folhagens algo se moveu
foi muito rápido
mas chovia e não deixou rastros
quando acordei já era dia
e não lembrava mais direito
O que fora que me inspirara desta maneira
da suspeita saiu o verso
do medo a odisséia
da angústia no peito as palavras
mas sem noção do fora dito...”


publicado por escorpion às 00:02
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 4 de Maio de 2009
Ciúme

 

 

 

Ciúme é um devaneio
De quem ama e tem receio
Da incerteza de amor
É no peito de quem ama
A mais ateada chama
Que se consome na dor.

Só quando não há firmeza
O amor perde a beleza
Como a rosa seu perfume
Quando há amor de verdade
Se houver reciprocidade
Não há lugar prò ciúme.

Dizem que o ciúme é cego
E levado por seu ego
De quase tudo é capaz
Diz do povo a sensatez
Que o ciúme talvez
É obra de Satanás …

Eu não sei porque razão
Existe esta emulação
Que ao nada se resume …
Sem ter razão de existir
Se nada logra atingir
Maldito seja o ciúme !…

CIÚME é um poema em que podemos constatar que também
as atitudes menos positivas dos sentimentos dão espaço à poesia.
Caso queira ouvir este poema, declamado pelo amigo poeta e autor Euclides Cavaco, entre neste endereço:
http://www.euclidescavaco.com/Poemas_Ilustrados/Ciume/index.htm


publicado por escorpion às 16:02
link do post | comentar | favorito
|

Fazer olhinhos

 



English Version

pesquisar
 
Outubro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


posts recentes

Faz-me teu Poeta (Emanuel...

Mar Português (Fernando P...

Mãos dadas (Carlos Drummo...

As duas flores

Todos estão surdos

Abraço de Natal

Apenas uma mensagem

Não aprendo a lição

O sol na minha mão

Anjos já amaram e chorara...

arquivos

Outubro 2014

Setembro 2013

Julho 2013

Junho 2013

Março 2013

Dezembro 2012

Agosto 2012

Maio 2012

Março 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Abril 2011

Fevereiro 2011

Dezembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Meus Amigos
Guerreiro da Luz

Criticando Meio Mundo

Causas e Efeitos

Viajante no Mundo

Cantinho das Emoções

Apenas Assistindo

Um Olhar Feminino

Vida, Verdade, Visão

blogs SAPO
subscrever feeds